Trens panorâmicos na Suíça - Como planejar o roteiro

Neste post você vai encontrar todas as informações sobre os trens panorâmicos na Suíça, além de dicas sobre como planejar o roteiro perfeito com eles para a sua viagem.

A Suíça conta com uma das melhores malhas ferroviárias do mundo e oferece uma combinação de conexões de trens que conectam praticamente todo o país de forma eficiente e cômoda. Para ler o post completo sobre como e porque usar trens em sua viagem para Suíça, clique aqui.

Mas, são os trens panorâmicos que realmente surpreendem os viajantes, pela beleza dos trajetos e qualidade dos trens com assentos confortáveis e janelas panorâmicas que nos fazem admirar os cenários de uma forma inexplicável.

Ao cruzar montanhas, glaciares, pontes, túneis, lagos, campos verdes com vaquinhas suíças e vilarejos búcolicos com os trens panorâmicos, a sensação que dá é de fazer parte dos cenários, tamanha a proximidade e inteiração com a o caminho percorrido, possibilitado pela presença das janelas amplas que muitas vezes se estendem até o teto do trem.

Sendo assim, é possível afirmar que uma viagem à Suíça não é completa sem a experiência dos passeios de trem panorâmicos. É um daqueles clichés de viagem que devem estar na bucketlist de todos os viajantes veteranos ou iniciantes, pois realmente fazem jus à fama e são capazes de oferecer o melhor da Suíça de forma mágica.

E para auxiliar você a planejar o melhor roteiro de viagem incluindo os trens panorâmicos na Suíça, compilamos esse post repleto de informações práticas sobre as rotas e dicas de como combina-las 🙂

 

TRENS PANORÂMICOS NA SUÍÇA

 

Neste tópico vamos explicar em detalhes cada uma das rotas de trem panorâmicos na Suíça, com enfoque especial nas quatro primeiras da lista que são as mais tradicionais e populares.

Depois de as ter experimentado, posso afirmar que são completamente impedíveis e emocionantes e você certamente não pode deixar de fora do seu roteiro de viagem, especialmente se estiver planejando comprar o Swiss Travel Pass já que o passe dá direito a todas essas viagens.

 

Glacier Express

 

O Glacier Express é também conhecido como o trem expresso mais lento (e também um dos mais belos) do mundo. E em pouco menos de 8 horas este trem percorre geleiras, rios, vilarejos alpinos, montanhas e conecta Zermatt a St. Moritz, ou vice-versa percorrendo a rota exemplificada na imagem abaixo.

Zermatt e St. Moritz são os mais populares destinos alpinos na Suíça e essa rota ganha especial atenção por ligar os dois em um trajeto alucinante, cheio de paisagens surreais. Isso tudo sem falar na estrutura dos trens panorâmicos que transportam os viajantes com todo o conforto e possibilita uma inteiração fantástica com o ambiente devido às suas amplas janelas panorâmicas que se estendem até o teto.

Você pode até achar que 8 horas é tempo demais para “gastar” em um trem, mas garanto que esse é um daqueles passeios que valem pelo caminho tanto quanto pelos destinos finais. É uma viagem simplesmente incrível e vai fazer você se emocionar!

Não há como negar que o Glacier Express é um passeio clássico e imperdível para os que buscam conhecer o melhor dos Alpes Suíços e para conferir o post completo do Glacier Express clique aqui.

 

Bernina Express

 

O Bernina Express foi o melhor passeio de trem panorâmico que já fiz na Suíça. E essa constatação veio como uma surpresa, pois confesso que embarquei nesta jornada sem as mais altas expectativas, pois já havia me dislumbrado muito com os passeios mais famosos e achei que seriam impossíveis de serem superados, como o Glacier Express e Golden Pass.

Em quatro horas de viagem, o Bernina Express percorre cerca de 122 km passando por 55 túneis e quase 200 pontes e viadutos, e leva os seus passageiros dos glaciares às palmeiras em uma rota tão surpreendente que foi classificada como Patrimônio Mundial da Unesco. Para ler o post completo sobre o Bernina Express clique aqui.

Mais especificamente, o Bernina Express liga Chur na Suiça a Tirano na Itália (ou vice-versa), com a possibilidade de continuar a viagem até Lugano de ônibus. E as paradas do caminho são Chur, Landquart, Davos, St. Moritz, Valposchiavo e Tirano sendo possível embarcar e desembarcar em qualquer uma delas, como se pode ver no mapa acima.

A viagem de trem que liga St. Moritz a Tirano me fez ficar completamente extasiada com a beleza e diversidade das paisagens que percorre e me deixou apaixonada desde a primeira curva que fez. Garanto que a viagem vai causar o mesmo impacto em você!

 

Golden Pass e Luzern – Interlaken Express

 

Este passeio é uma das melhores atrações da Suíça, não apenas pelas paisagens fantásticas que se pode desfrutar durante a viagem, mas também pela estrutura dos trens em si. A rota completa também inclui dois trens panorâmicos, o Golden Pass em si e Luzern Interlaken Express.

O Golden Pass liga Lucerna a Montreux, ou em outras palavras, a Suíça Alemã com a Francesa, e o trajeto completo dura cerca de 5 horas passando por paisagens maravilhosas com lagos e montanhas. É também possível fazer o trajeto inverso entre Montreux e Lucerna, sendo que Interlaken será sempre a parada intermediária nas duas direções.

Diferente do Glacier Express e do Bernina Express que são viagens expressas, esta rota a é dividida em três etapas, sendo possível optar por fazer o trajeto completo ou parcial. Quem opta por fazer a rota completa saindo de Lucerna precisa trocar de trens em Interlaken-Ost e a segunda em Zweisimmen. Pode parecer complicado, mas todo o processo corre da forma mais tranquila possível, pois as conexões são programadas para plataformas próximas e oferecem tempo de sobra para os passageiros se acomodarem.

O trajeto entre Lucerna e Interlaken Ost (ou vice-versa) é feito no trem “Luzern-Interlaken Express”, que não é o panorâmico principal do Golden Pass, mas tem uma estrutura ótima e oferece as melhores vistas nos assentos do lado direito. Neste trecho, é possível admirar a Montanha Pilatus, o Lago Lucerna, Sarnersee, Lungernsee e Brienz, um dos mais extensos e lindos do país, e Interlaken.

É importante destacar que o Lucerna – Interlaken Express parte de Zurique e é uma das rotas de trem mais utilizadas na Suíça, embora não seja um trem panorâmico. É importante lembrar desta informação caso tenha interesse de fazer esse trecho em outra ocasião que não o passeio do Golden Pass.

Em Interlaken Ost é feita a primeira troca de trem para o próximo trecho entre Interlaken e Zweisimmen. O trem que opera este trajeto é o convencional e vale a pena escolher assentos do lado direito para admirar as paisagens do pelo Rio Aare, dacidade Spiez nas margens do Lago Thum e do Vale Simmen, com vários vilarejos charmosos e montanhas de tirar o fôlego.

Em Zweisimmen ocorre a terceira troca de trem para o trajeto Zweisimmen a Montreux, que é feito no trem panorâmico e super moderno da Golden Pass. No caminho, a paisagem é simplesmente deslumbrante e passa pelo vilarejo Gstaad, um dos mais charmosos e procurados da Suíça.

Logo depois de Gstaad começa a parte francesa da Suíça e nos últimos 20 minutos o trem faz curvas em ritmo desacelerado garantindo vistas fantásticas do Lago Genebra. Para esse trajeto, também vale a pena escolher assentos no lado direito, mas a experiência é excelente em qualquer posição do trem já que as janelas panorâmicas foram projetadas para oferecer aos passageiros a sensação de estar integrado com as paisagens e em alguns momentos se tem a sensação de que não se está no trem, mas sim levitando pelo caminho.

Além disso, o Golden Pass é operado por dois tipos de trens, um super moderno com janelas panorâmicas e o outro chamado Belle Époque, um trem antigo com todo o charme dos anos 30. Tive a oportunidade de viajar nas duas versões de trens e contei tudo sobre esse passeio maravilhoso aqui.

 

Gotthard Panorama Express

 

Essa viagem é diferente das outras pois engloba não somente o trajeto do trem panorâmico, como também uma parte de barco. Em cerca de 5 horas e meia esta aventura te apresentará a história, os mitos e as lendas de Gotthard, além de paisagens incríveis no caminho. Você pode consultaros horários atualizados e mais informações clicando aqui.

O trajeto começa em Lugano ou Bellinzona na fronteira com a Itália e segue viagem no sentido norte do país cruzando o túnel Gotthard, construído em 1882 e passando pelas montanhas Alpinas. No caminho é possível admirar a igreja Wassen de três ângulos diferentes durante as voltas que o trem dá no sistema complexo de túneis em volta dela.

O trajeto de trem que começa em Lugano ou Bellinzona termina em Flüelen e de lá os viajantes embarcam no barco clássico de vapor que percorre o Lago Lucerna até Lucerna. No caminho, é possível admirar as baías do lago, montanhas e cenários de cair o queixo. E também é possível apreciar iguarias culinárias a bordo do barco e do trem!

Vale lembrar também que a viagem pode ser feita de Lugano a Lucerna ou vice-versa.

O Gotthard Panorama Express circula de terça-feira a domingo de 19 de abril até 20 de outubro de 2019 e para consultar os horários clique aqui. O trem panorâmico não opera durante o inverno, mas é possível percorrer a rota com trens normais trocando de trem em Erstfeld.

A viagem de trem e ônibus estão inclusas no Swiss Travel Pass, contudo o trem Gotthard Panorama Express oferece apenas assentos de primeira classe no trecho entre Lugano e Flüelen, sendo assim quem está viajando de segunda classe precisa fazer o upgrade para a primeira classe. Se quiser fazer o upgrade do barco e trem, o adicional é de CHF 29 e se quiser fazer o upgrade apenas para o tem, o adicional é CHF 17.50.

Para quem não tem o Swiss Travel Pass, a viagem custa CHF 150 na primeira classe no barco e trem e CHF 127 na segunda classe do barco e primeira no trem.

Além disso, é necessário fazer o pagamento de CHF 16 no trem ou na reserva online com antecedência que pode ser feita aqui.

 

COMO PLANEJAR O SEU ROTEIRO COM TRENS PANORÂMICOS NA SUÍÇA

 

Trens panorâmicos na Suíça

Com tantas opções de trens panorâmicos imperdíveis é comum que os viajantes se sintam confusos em relação ao que priorizar e como organizar um roteiro de viagem que inclua os passeios.

E para auxiliar você, preparamos esse guia genérico com dicas de como organizar o roteiro de acordo com o tempo de viagem disponível. No entanto, é importante destacar que a decisão deve também levar em conta os seus objetivos de viagem e preferências pessoais e se precisar de auxílio nesta decisão você pode entrar em contato conosco para elaboração de um roteiro totalmente personalizado para a sua viagem.

A sugestão abaixo pode ser adequada de acordo com os seus planos de viagem, mas dá para ter uma noção de quantos dias serão necessários para cada uma das regiões da Suíça e como organizar o seu roteiro para fazer todas as rotas panorâmicas mais lindas. E para esse roteiro ou parte dele, vale a pena comprar o Swiss Travel Pass que inclui viagens de trem ilimitadas no país, inclusive com os trens panorâmicos.

 

Sugestão de roteiro com trens panorâmicos na Suíça

 

Um roteiro perfeito com as três rotas de trem panorâmicos mais importantes, combinado com outras atrações inclusas no Swiss Pass pode começar em Lugano. Isto porque, consideramos que voar para Milão saindo do Brasil é geralmente mais barato do que voar para qualquer cidade da Suíça e sendo assim vamos sugerir um roteiro iniciando na Itália e seguindo para Lugano, a cidade na Suíça que faz fronteira com o país.

De Lugano, é possível pegar o Gotthard Panorama Express e seguir até Lucerna em um percurso de trem e barco que dura 5 horas e meia. Observe que o trem panorâmico do Gotthard Express só opera de Abril a Outubro, então se sua viagem for de final de Outubro a meados de Abril você pode fazer essa rota em trens tradicionais ou ir direto para Lucerna.

Em Lucerna, pode-se passar um a dois dias e você pode dividir o seu tempo na cidade da seguinte forma:

1 dia em Lucerna: Visite a Ponte da Capela – Kapellbrücke,  Rio Reuss, Capela Hofkirche, Igreja dos Jesuítas – Jesuitenkirche, Palácio do Governo, Spreuerbrücke (Spreuer Bridge), Centro histórico e a Igreja Hof

2 dias em Lucerna: Visite o Monte Rigi ou o Monte Pilatus, o Leão de Lucerna e a Muralha Medieval de Lucerna

3 dias em Lucerna: Se não tiver condições de dedicar mais dias para a região do Jungfrau, adicione um dia a mais em Lucerna ou troque pelo segundo e faça um bate e volta para Jungfraujoch.

De Lucerna, você tem duas ótimas opções:

Sair de Lucerna cedinho e pegar o Voralpen-Express entre Lucerna e St. Gallen que dura 2 h 17 min, passar algumas horas em St. Gallen e seguir para Zurique no trecho St. Gallen – Schaffhausen – Zürich, parando em Schaffhausen para visitar as Cataratas do Reno. Em Zurique, explorar a cidade em um ou dois dias e fazer bate e volta em Berna (pode ser também base em Berna e explorar Zurique como bate e volta).

É também possível seguir com o trem Lucerna – Zurich express para Zurich e passar de dois a três dias entre Zurique e Berna com bate e volta entre as cidades. Para consultar mais dicas sobre Zurique clique aqui e Berna clique aqui.

Saindo de Zurique, você pode pegar o Zurique – Lucerna – Interlaken Express até Interlaken e explorar a região do Jungfrau. Saiba que essa região é repleta de atrações, vilarejos e atividades imperdíveis e você pode dedicar diversos dias para ela.

Nossas sugestões são as seguintes:

1 dia em Interlaken

1 dia para fazer o Jungfraujoch e explorar Lauterbrunnen

1 dia para visitar o First e o vilarejo de Grindewald

1 dia para visitar Mürren e Schilthorn Piz Gloria

Depois, faça o passeio de trem panorâmico Golden Pass entre Interlaken – Zweisimmen – Montreux com duração média de três horas. Você pode ler todas as dicas sobre esse passeio clicando aqui.

Chegando em Montreux, você pode escolher fazer base por lá e visitar Genebra e Laussane. Para mais dicas sobre Genebra clique aqui e para mais dicas de Laussane e Montreux clique aqui.

De Montreux através da rota Montreux – Visp – Zermatt ou de Genebra ou Laussane, siga para Zermatt o vilarejo alpino mais charmoso da Suíça e se possível reserve dois dias para explorar a região. Você pode consultar todas as dicas de viagem de Zermatt clicando aqui.

Nossas sugestões são as seguintes:

1 dia em Zermatt: Visite o Gornegratt e passeie na vila de Zermatt.

2 dias em Zermatt: Se estiver visitando a Suíça no inverno por que não fazer uma aula de esqui ou snowboard no Wolli Park? Para mais informações clique aqui. Se não quiser, ou se estiver visitando em outra estação, visite o Matterhorn Glacier Paradise.

De Zermatt, siga para St. Moritz no Glacier Express, o trem panorâmico mais famoso e popular da Suíça que em 8 horas cruza geleiras, montanhas majestosas e vilarejos alpinos. Para consultar todas as dicas sobre o Glacier Express clique aqui.

Você pode dedicar uma noite apenas ou dois dias para St. Moritz, que representa o que há de mais chique e sofisticado no país. Para saber tudo sobre St. Moritz clique aqui e confira o post completo.

De St. Moritz sai o magnífico Bernina Express que leva os viajantes até Tirano na Itália e cuja viagem pode ser estendida para Milão com trens italianos ou para Lugano com o ônibus do Bernina. Para consultar todas as dicas sobre esse passeio clique aqui.

Esse seria um roteiro completão na Suíça, com o melhor que o país pode oferecer em termos de cidades, vilarejos alpinos, montanhas, natureza e trens panorâmicos. Inclusive, todas essas rotas estão listadas no roteiro Grand Tour of Switzerland promovida pelo órgão de turismo do país.

No entanto, há diversas formas de adequar roteiros parciais para explorar o país e inclusive você pode encontra sugestões de roteiros mais compactos no nosso Ebook completo sobre a Suíça!

 

Gostou das dicas? Planeje a sua viagem através dos links indicados e ajude o blog com uma pequena comissão. Obrigada 🙂

– Reserve já seu hotel com cancelamento grátis através do Booking.com

– O seguro viagem é item importante para a sua viagem, sendo obrigatório para os países da Europa. Faça já a sua pesquisa com a Real Seguros, compare as cotações dos melhores seguros e pague em até 6x sem juros. Não deixe de conferir também a cotação da Mondial Seguros e ganhe 15% de desconto comprando através do blog

– Já conhece o Airbnb? Cadastre-se aqui e ganhe R$ 100 de bônus no Airbnb para usar na primeira reserva – é grátis!

– Compre os ingressos com antecedência e evite filas. Confira todas as opções de ingressos, passeios e shows da Viator e também os descontos imperdíveis da Ticketbar

– Vai viajar de carro? Reserve já o carro para sua viagem com cancelamento gratuito através da Rental Cars, a melhor plataforma para comparação de preços entre as empresas de aluguel, com o melhor serviço de atendimento ao cliente

– Chip internacional para ligações e internet no exterior. Clique aqui para comprar o chip do Mysimtravel e viajar tranquilo.

– Roteiros Personalizados: Se preferir, podemos planejar a sua viagem e elaborar um roteiro sob medida para você. Saiba mais clicando aqui e entre em contato através do email contato@omundoepequenoparamim.com.br