Neste post você vai encontrar informações sobre o que fazer em Zurich (Zurique) na Suíça, com dicas perfeitas para montar um roteiro de 1, 2 ou 3 dias na cidade.

Zurique é uma cidade incrível, tem muito para oferecer aos seus visitantes e não deve ficar de fora de sua viagem na Suíça. Por sinal, para verificar todas as dicas de viagem da Suíça clique aqui.

Sempre tive em mente que Zurique era uma cidade cinzenta, burocrática e sem graça, mas não poderia estar mais enganada. Ao visita-la duas vezes nos últimos anos, pude perceber o quão vibrante, jovem e dinâmica Zurique é e posso dizer que atualmente a considero uma das melhores cidades do mundo para visitar!

Me apaixonei por Zurique e venho aqui contar todas as dicas para que o mesmo aconteça com você. Mas, antes de verificar este post sobre o que fazer na cidade, confira o artigo completo com todas as dicas de viagem sobre Zurique, em um guia completo para organizar sua viagem.

 

NOVIDADE!

 

Confira o Ebook que acabamos de publicar com todas as dicas de viagem (testadas e aprovadas) que você precisa para planejar a sua viagem para a Suíça.

No Ebook, você vai informações práticas, além de mais de 40 sugestões de roteiros prontos, com enfoques e durações diferentes. Com certeza você vai encontrar o roteiro perfeito para a sua viagem!

 

Ebook Suíça
 

O QUE FAZER EM ZURICH – ROTEIRO IMPERDÍVEL DE 1 DIA

 

 

Ao chegar em Zurique, a primeira parada do roteiro deve ser no Centro de Turismo na própria estação de trem para pegar mapas e folhetos informativos da cidade.

De lá, siga pela avenida movimentada que fica em frente à estação de trem. Você estará na Bahnhofstrasse, a rua principal da cidade.
 

 

 Bahnhofstrasse

 

O que fazer em Zurique

A avenida hoje tem 1,4 quilômetros e liga a estação central ao Lago Zurique com muitas atrações no caminho. Na Bahnhofstrasse e seus arredores, você vai encontrar tudo de melhor na cidade, de moda, a arte, restaurantes e muita agitação.

A zona comercial hoje mundialmente famosa pelas presença de marcas famosas que por lá expõem seus produtos caríssimos foi criada após o estabelecimento da estação de trem principal de Zurique, numa área onde há 1500 anos atrás foram erguidas as fortificações da cidade.

Por lá você vai encontrar várias boutiques, lojas de departamento, lojas de relógios, bancos suíços e muito mais . No verão, onde turistas e locais dividem as calçadas alegremente ao inverno, onde você pode se deliciar com um chocolate quente, essa avenida é o ponto de partida em sua viagem a Zurique.

 

Confiserie Sprüngli

 

 
Faça uma parada na tradicional Confiserie Sprüngli, uma confeitaria de luxo fundada em 1836 e conhecida internacionalmente por seus macarons assinatura chamados ” Luxemburgerli”. Todas as iguaria são feitas com os melhores ingredientes e elaboradas cuidadosamente a mão e você certamente não vai se arrepender de fazer essa parada estratégica.

Endereço: Bahnhofstrasse 21, 8001 Zürich, Schweiz

Depois de se deliciar na Confiserie Sprüngli, siga pela Bahnhofstrasse e passe para conhecer a Fraumunster Kirche.
 

 

Fraumunster Kirche

 

Esta igreja, assim como a Catedral Grossmünster é um dos símbolos de Zurique e uma das 4 igrejas principais da cidade.

Ela foi construída sobre as ruínas de uma antiga abadia para as mulheres aristocráticas que foi fundada em 853 por Luís, o Germânico para sua filha Hildegard. Hoje, ela pertence à igreja Reformada Evangélica do Cantão de Zurique.

Vale muito à pena visitar seu interior para apreciar os murais de vidro de Augusto Giacometti e Marc Chagall. Depois atravesse a Münsterbrücke para conhecer a Catedral Grossmünster.

 

 

Catedral Grossmünster

 

Essa icônica igreja possui de duas torres, é um dos principais símbolos da cidade de Zurique e uma das quatro maiores igrejas da cidade.

Na primeira metade do século 16, a Igreja Grossmünster passou a representar o epicentro da Reforma suíço-alemão liderada por Ulrico Zwinglio e Heinrich Bullinger. Neste período, a faculdade de teologia foi criada e anexada ao mosteiro e deu início ao que hoje tornou-se a Universidade de Zurique.

Os vitrais da Catedral foram feitos por Sigmar Polke, as janelas de coro por Augusto Giacometti, as portas de bronze por Otto Münch. E você ainda pode subir até o topo da Catedral para admirar uma vista impressionante da cidade.

Depois da visita, siga caminhando pela Limnatquai, na beira do rio e admirando as paisagens dos dois lados.

No horizonte vai ver a Rathaus, a sede da prefeitura da cidade e na ponte conectada ao prédio você pode atravessar para visitar a St Peter Kirche do outro lado do rio.
 

 

St Peter Kirche

 

A St. Peter é mais uma das 4 principais igrejas de Zurique e uma das atrações imperdíveis de Zurique.

Ela é a mais antiga igreja paroquial de Zurique e ainda preserva as paredes da fundação do século 9 em formato original. Vale a pena visitar o seu interior, assim como passear para admirar a torre em seu exterior.

A Igreja St. Peter tem a maior torre de relógio na Europa, tendo sido usada até 1911 como um posto de vigia de incêndio. É possível ver a torre da igreja despontando em diversos ângulos da cidade e por ela dá para se guiar de volta ao centro histórico da cidade.

Saindo da Igreja St. Peter, siga a Banhofstrasse até o final e encontrará o lindíssimo Lago Zurique.

 

Lago Zurique

 

O formato quase em forma de banana do Lago Zurich está enquadrado no sul pelas montanhas Albis e Zimmerberg e ao norte pela cadeia de montanhas Pfannenstiel. O lago é tão extenso que faz fronteira com os cantões de St.Gallen e Schwyz e em Zurique representa uma grande atração para os turistas e locais.

Depois da construção do passeio em torno do lado, Zurique deixou de ser uma pequena cidade ao longo de um rio para uma grande cidade à beira do lago. Por lá, há uma excelente área de lazer frequentado por patinadores, amantes da praia, artistas de rua, grupos de jovens e idosos, todos aproveitando o clima maravilhoso do local. Uma parada imperdível, nem que seja para apreciar os pássaros locais.

Passeio pelo lago e siga para visitar a Sechseläutenplatz, uma das praças mais importantes da cidade.
 

 

Sechseläutenplatz

 

Sechseläutenplatz é um lugar para relaxar entre o Lago Zurique e a Zurich Opera House.

Esta é uma das maiores praças na Suíça – criado com 16.000 m² de quartzito elegante, rodeada com árvores, lugares para sentar e elementos de água no centro tornando a praça um lugar muito atraente e muito acolhedor.

A ópera e o Bellevue – orla do lago –  estão localizados aqui e são atrações imperdíveis na cidade. É também possível encontrar restaurantes e supermercados nas imediações da praça.

De lá, siga para o Centro Histórico caminhando pela belíssima Niederdofstrasse. A região entre o Bellevue na beira do rio e Niederdorf e é simplemesmente imperdível e você vai se encantar com os detalhes e calma desta cidade maravilhosa!
 

 

Cidade Velha – Niederdorf

 

Niederdorf é parte da cidade velha de Zurique e os moradores a ela se referem carinhosamente a ele como “Dörfli”. Sendo o centro histórico de Zurique,  oferece diversos pontos turísticos interessantes, delícias culinárias e lojas para compras de produtos típicos.

Niederdorf é uma zona pedonal, onde os pedestres podem desfrutar de passeios incríveis sem serem incomodados com o transitar dos carros.

Por lá, não deixe de passar na Augustinergasse, Rennweg, Glockengasse, Marktgasse e Weingasse, as mais belas e icônicas ruas da área.

Há tantos cantinhos imperdíveis que vale a pena caminhar sem direção, simplesmente virando nas ruelas que achar interessante e vai ser presentado com surpresas assim.

E para quem achava que Zurique era uma cidade monótona, fica o registro do quão colorida, vibrante e autêntica a cidade pode ser!

 Não deixe também de passar no tradicional Cafe Schober.

 

Cafe Schober

 

Quando o corpo pedir para parar, não pense duas vezes e vá direto para Cafe Schober. Lá você vai poder observar as pessoas transitando pela região com um chocolate quente Suíço na mão, feliz da vida com a oportunidade de estar nesta cidade maravilhosa.

Depois de uma parada para café e lanche, dirija-se para a Lindenhof Platz, de onde é possível ter a melhor vista da cidade.
 

 

Lindenhof Platz

 

O que fazer em Zurique

Lindenhof é um oásis no coração da cidade, mas conta com uma carga histórica impressionante. No século 4, um forte romano foi construído na Lindenhof e no século 9º o neto de Carlos Magno construiu um palácio real como local de residência por lá.

Mas a praça surpreende mesmo pelas suas vistas fenomenais da cidade velha, da Igreja Grossmünster , a Câmara Municipal, do rio Limmat , da universidade e do Instituto Federal Suíço de Tecnologia. Capaz de impressionar os viajantes mais céticos e te fazer cair de amores por esta cidade.

Hoje, Lindenhof é um refúgio de paz e tranquilidade no coração da cidade e um ponto de encontro para jogadores de xadrez apaixonados. Sem dúvidas um local que não pode faltar em sua visita a Zurique!

Quando o sol estiver se pondo, faça como os locais e pegue o bonde até o parque Zürichhorn e veja o belo espetáculo do sol à beira do lago.

Depois você pode voltar para o Niederdorf, que conta com um público muito animado a noite com seus bares e artistas de rua.


 

ATRAÇÕES E PASSEIOS FORA DO COMUM EM ZURIQUE

 

Saia do circuito turístico tradicional e surpreenda-se com as maravilhas que Zurique tem a oferecer. Vai descobrir uma cidade jovem, pulsante e ainda mais incrível que a que conheceu no roteiro mais popular.
 

 

Zurich-West

 

O distrito oeste de Zurique é cheio de contrastes e ostenta um charme polido e moderno.

Onde era um espaço para construção de navios, hoje é uma área de arte, design, comida, compras cultura e arquitetura. É o bairro moderninho e cheio de estilo. Vale a pena visitar!

 

Chinese Garden de Zurich

 

O jardim chinês é classificado como um jardim templo e é um dos jardins mais bem preservados e autênticos fora da China .

O jardim chinês está localizado à direita do lago na Zurich Horn e foi um presente de Kunming, uma cidade chinesa parceira de Zurique. No centro há uma lagoa com uma pequena ilha, pavilhões e até mesmo um pequeno palácio nas margens .

O jardim foi em agradecimento pelo apoio técnico e científico prestado com a expansão de abastecimento de água potável e drenagem urbana em Kunming, na China e hoje é um local maravilhoso em Zurique.

 

Landesmuseum

 

O Landesmuseum, ou Museu Nacional Suíço foi inaugurado em 1898 no coração da Cidade Velha.

Atualmente é um dos mais importantes museus histórico-culturais da Europa e tenta retratar a identidade de um país de múltiplas raízes com seu acervo de objetos, pinturas, esculturas e joias conduz a uma jornada desde os primórdios da Suíça. Para verificar as exposições do momento clique aqui.

Museumstrasse 2. De terça a domingo, das 10h às 17h; quintas, até 19h. Entrada: CHF 10

 

Kunsthaus

Museu fundado no século 18 e reúne uma rica coleção de grandes mestres dos séculos 19 e 20, como Picasso, Cézanne e Monet, além de expor um dos maiores acervos do suíço Alberto Giacometti, além das esculturas da Idade Média

Van Gogh também tem um espaço especial: a última tela pintada pelo artista holandês antes de morrer,Chaumes à Chaponval, faz parte da coleção. Confira aqui as exposições, pois o museu costuma receber ótimas exposições temporárias.

Heimplatz 1 . Terças e sextas, das 10h às 18h; quartas e quintas, até 20h. Entrada: CHF 25.

 

Uetliberg

 

Uetliberg é a montanha própria de Zurique, de onde se pode ter belas vistas da cidade e do lago – e talvez até mesmo um vislumbre dos Alpes.

A montanha oferece uma vista panorâmica impressionante da cidade, sendo particularmente popular em Novembro, pois de seu cume é possível visualizar Zurich coberta pelo manto de nevoeiro, fenômeno comum nesta época do ano. No inverno , as trilhas para caminhadas até o cume são convertidos em corridas de trenó, tornando-se uma verdadeira Winterland e uma boa ideia de passeio de um dia! .

No verão, há muito para descobrir em rotas de caminhadas e de pedalada bem marcadas. Vale a visita se tiver mais tempo na cidade 🙂

 

Sede da Fifa

 

Em um prédio de design moderno, a sede mundial da Fifa tem uma pequena exibição de troféus e bolas que vale a pena para os amantes de futebol.

BATE E VOLTAS SAINDO DE ZURIQUE

 

A localização de Zurique faz com que esta seja uma cidade excelente para fazer bate e voltas para outras cidades ou vilarejos na Suíça.

É possível conhecer Lucerna em um dia saindo de Zurique, através do Zurique – Lucerna – Interlaken Express que conecta as cidades com um trem moderno e confortável. Você pode conferir o post completo de Lucerna clicando aqui.

A capital da Suíça, Berna, pode também ser visitada de Zurique como um passeio de bate e volta em apenas um dia. Para acessar o post completo de Berna clique aqui.

Outras possibilidades são Basel e St. Gallen, que ficam a menos de uma hora e meia de Zurique e podem ser facilmente acessadas de trem.
 

 
Ebook Suíça
 

As nossas dicas foram úteis para você?

Agradeceremos muito se planejar a sua viagem através dos links abaixo, pois assim nos dará um incentivo a manter a qualidade do blog sem pagar nada a mais por isso. Obrigada desde já! 🙂

 

 

– Reserve já seu hotel com cancelamento grátis através do Booking.com.

– O seguro viagem é item importante para a sua viagem, sendo obrigatório para os países da Europa. Faça já a sua pesquisa com a Real Seguros, compare as cotações dos melhores seguros e pague em até 6x sem juros.

– Já conhece o Airbnb? Cadastre-se aqui e ganhe R$ 180 de bônus no Airbnb para usar na primeira reserva – é grátis!

– Compre os ingressos com antecedência e evite filas. Confira todas as opções de ingressos, passeios e shows da VGet Your Guide

– Vai viajar de carro? Reserve já o carro para sua viagem com cancelamento gratuito através da Rental Cars, a melhor plataforma para comparação de preços entre as empresas de aluguel, com o melhor serviço de atendimento ao cliente

– Roteiros Personalizados: Se preferir, podemos planejar a sua viagem e elaborar um roteiro sob medida para você. Saiba mais clicando aqui e entre em contato através do email contato@omundoepequenoparamim.com.br