Glacier Express, o trem panorâmico entre Zermatt e St. Moritz na Suíça

Neste post você vai encontrar todas as dicas sobre o Glacier Express, o trem panorâmico entre Zermatt e St. Moritz na Suíça.

O Glacier Express é também conhecido como o trem expresso mais lento (e também um dos mais belos) do mundo. Em pouco menos de 8 horas este trem percorre geleiras, rios, vilarejos alpinos, montanhas e conecta Zermatt a St. Moritz, ou vice-versa.

Zermatt e St. Moritz são os mais populares destinos alpinos na Suíça e essa rota ganha especial atenção por ligar os dois em um trajeto alucinante, cheio de paisagens surreais. Isso tudo sem falar na estrutura dos trens panorâmicos que transportam os viajantes com todo o conforto e possibilita uma inteiração fantástica com o ambiente devido às suas amplas janelas panorâmicas que se estendem até o teto.

Você pode até achar que 8 horas é tempo demais para “gastar” em um trem, mas garanto que esse é um daqueles passeios que valem pelo caminho tanto quanto pelos destinos finais. Além disso, o trem torna possível desbravar diversas facetas da Suíça no conforto dos assentos privilegiados. Basta sentar e aproveitar a jornada, que sem dúvidas será uma das mais belas da sua vida.

 

NOVIDADE!

 

Confira o Ebook que acabamos de publicar com todas as dicas de viagem (testadas e aprovadas) que você precisa para planejar a sua viagem para a Suíça.

No Ebook, você vai informações práticas, além de mais de 40 sugestões de roteiros prontos, com enfoques e durações diferentes. Com certeza você vai encontrar o roteiro perfeito para a sua viagem!

 

Ebook Suíça
 

COMO É A VIAGEM NO GLACIER EXPRESS

 

Não há como negar que o Glacier Express é um passeio clássico e imperdível para os que buscam conhecer o melhor dos Alpes Suíços. 

Esta rota ferroviária começou a ser operada no verão de 1930, mas somente em 1993 os primeiros trens panorâmicos foram introduzidos. Desde então, o passeio ganhou fama internacional como sendo uma das mais incríveis do mundo e é encantador percorrer os seus trilhos e entender que este é de fato um passeio que faz jus a toda a sua fama, pois se trata realmente de uma experiência completa que se concretiza das paisagens nas janelas às refeições servidas a bordo.

 O trem direto Glacier Express liga Zermatt no cantão de Valais à St. Moritz no cantão de Graubünden, e vice-versa, passando também pelo cantão de Uri. O trem panorâmico comprrende 2 vagões de 1ª classe, 3 vagões de 2ª classe e um vagão panorâmico onde funciona o bar.

Não deixe de conferir também o post completo sobre o Bernina Express, a viagem de trem panorâmica entre St. Moritz e Tirano clicando aqui.

A diferença entre a primeira e segunda classe é bem pequena, sendo a possibilidade de abrir as janelas nos vagões de segunda classe a mais importante delas. Além do mais, as janelas dos vagões de primeira classe possuem janelas mais sofisticadas que acabam refletindo a luz do sol de forma mais intensa, sendo assim, se seu objetivo for tirar fotos melhores, opte pela segunda classe.

Glacier Express

As janelas panorâmicas do trem são maravilhosas e permitem que os viajantes sintam-se como se estivessem flutuando pelas paisagens.

Ao embarcar no trem, os viajantes recebem livretos explicativos dos trajetos e seus principais pontos de interesse. Também são fornecidos fones de ouvido através do qual se pode escutar explicações sobre os pontos principais da viagem.

É interessante acompanhar o áudio, pois durante a viagem há diversos trechos classificados como Patrimômios Mundiais da UNESCO, que deixam os viajantes abismados com tamanho charme e beleza.

Para conferir todos os posts já publicados sobre Zermatt, clique aqui.

Para conferir o post completo sobre St. Moritz clique aqui.

A viagem tradicional liga Zermatt a St. Moritz, mas também é possível embarcar ou desembarcar nas paradas que o trem faz no caminho em Visp, Brig, Andermatt, Disentis ou Chur, por exemplo.

Há também a possibilidade de fazer baldeação e terminar a viagem em Davos ao invés de St. Moritz – ou começar em Davos, caso planeje fazer o sentido oposto.

A viagem, como o nome do trem já sugere é repleta de geleiras e montanhas alpinas, que ficam cobertas de neve no inverno e início da primavera. No verão é possível apreciar vales verdes e floridos salpicados por vilarejos alpinos super românticos e vaquinhas típicas suíças. Um verdadeiro sonho!

A rota em si é composta de 4 trajetos diferentes.  A primeira vai de Zermatt a Brig e começa a 1605 metros de altitude e percorre caminhos estreitos nos trilhos margeando alguns dos picos mais altos da Suíça, acima de 4000 metros de altitude. 

Neste trajeto, as paisagens são belíssimas tanto no lado esquerdo ou direito do trem. E ao chegar em Visp o trem começa a descer de altitude para 651 metros e ao chegar em Brig começa a segunda parte da viagem.

Glacier Express

Entre Brig e Andermatt, o trem atravessa o rio Ródano e segue viagem para o leste, subindo altitude para 1366 m. E ao chegar em Andermatt começa a terceira parte com destino a Chur.

Andermatt está situada a 1436 m acima do nível do mar e marca o começo do Oberalp Pass, que leva o trem ao ponto mais alto da jornada a 2034 m de altitude. Depois segue viagem por desfiladeiros que foram talhados pelo rio Reno e hoje em dia é conhecido como o “Grand Canyon Suíço”.

As paisagens são alucinantes e mais parece que se está em um filme!

De Chur a St. Moritz, a paisagem é lindíssima e sentar do lado esquerda oferece as melhores vistas. Esse trecho é também o caminho inicial do Bernina Express, outra viagem de trem imperdível na Suíça.

O trem Glacier Express segue viagem e passa pelo espetacular viaduto Landwasser, pouco antes de chegar a Filisur. Neste momento, é melhor estar sentado do lado direito do trem se puder e St. Moritz será o destino final.

Depois do viaduto, o trecho até chegar a St. Moritz é lindíssimo, cheio de vilarejos alpinos e montanhas de arrepiar.

De Chur, é também possível seguir viagem para Davos em uma rota alternativa à padrão. Sendo assim, em Filisur, você precisa descer do trem Glacier Express e mudar para o trem local para Davos.

 

COMO PROGRAMAR O PASSEIO DO GLACIER EXPRESS

 

Não há muito mistério sobre como programar e reservar o passeio do Glacier Express. E você vai encontrar o passo a passo explicadinho a seguir.

O primeiro passo é reservar os assentos no Glacier Express assim que a viagem para a Suíça estiver definida. Para tanto, acesse o site oficial do Glacier Express e clique em “Booking”.

Você será direcionado à página onde pode selecionar os locais de origem e destino da viagem, bem como a quantidade de viajantes e data preferida da viagem.

Note que é possível fazer a reserva dos assentos com antecedência, mas a compra dos bilhetes (caso não tenha Swiss Travel Pass ou similares) só pode ser feita 2 meses antes da viagem. 

Depois, selecione o horário e o assento e será direcionado para a página onde preencherá dados pessoais e escolherá opções de desconto.

Se você planeja comprar o Swiss Travel Pass para a sua viagem, selecione a opção no campo “reduction” e só pagará o valor da reserva dos assentos. Por sinal, clique aqui para conferir o post completo sobre o Swiss Travel Pass com todas as informações que precisa para escolher e utilizar o seu passe.

Na reserva, é possível encomendar o seu almoço e mais informações sobre valores podem ser encontradas no próximo tópico deste post. Mas, saiba que é possível também encomendar o almoço assim que embarcar no trem e pagar na hora que a refeição for servida.

Em relação aos horários, saindo de Zermatt com destino à St. Moritz, há duas opções de horários:

Saída de Zermatt 08:52 chegando 16:38 em St. Moritz

Saída de Zermatt 09:52 chegando 17:38 em St. Moritz

A viagem contrária, saindo de St. Moritz com destino à Zermatt tem duas opções:

Saída de St. Moritz 09:15 chegando 17:10 em Zermatt 

Saída de St. Moritz 10:20 chegando 18:10 em Zermatt 

Durante a alta temporada, entre 11 de Maio a 13 de Outubro, há horários alternativos para as rotas parciais, entre Zermatt a Chur e Brig a St. Moritz. Você pode consultar os horários atualizados clicando aqui.

Note que entre 14 de Outubro a 14 de Dezembro, o Glacier Express não funciona. E de dia 15 de Dezembro funciona normalmente até meados de Outubro no ano seguinte.

 

COMO ENCAIXAR O PASSEIO NO SEU ROTEIRO DE VIAGEM

 

Este passeio de trem conecta alguns dos mais celebrados e famosos destinos de montanha do país e é uma boa pedida em todas as estações do ano. É uma excelente forma de viajar entre Zermatt e St. Moritz, que são provavelmente os vilarejos alpinos mais clássicos da Suíça.

Na viagem, as paisagens são tão belas que não sentimos o tempo passar, mas a verdade é que a viagem em si é bem longa e sendo assim, a recomendação é que passe pelo menos uma noite em St. Moritz ou Zermatt na chegada.

Em verdade, vale a pena dedicar duas noites para St. Moritz e ter pelo menos um dia completo para explorar este vilarejo super charmoso. Para consultar o post completo sobre St. Moritz clique aqui.

Da mesma forma, vale a pena dedicar pelo menos dois dias inteiros para Zermatt, que é sem sombra de dúvidas um dos mais lindos destinos do país e oferece inúmeras atrações para os seus visitantes. Para consultar todos os posts já publicados sobre Zermatt clique aqui.

Há muitas formas de organizar um excelente roteiro pela Suíça, combinando natureza, vilarejos idílicos e cidades maiores. Tudo depende do seu perfil de viajante e objetivos para a viagem. 

E para elaborar um roteiro maravilhoso na Suíça, consulte as nossas sugestões de itinerário para 5, 7, 10, 12 e 15 dias clicando aqui.

Se estiver planejando comprar o Swiss Travel Pass para fazer algumas rotas de trem panorâmicos, sugiro imensamente que combine as rotas Golden Pass, entre Montreux e Lucerna, programe estadias ou bate e voltas em Zurique e Berna, então viaje pela região central da Suíça que compreende o Jungfrau, depois siga para Zermatt, e de lá pegue o Glacier Express para St. Moritz, passe um dia completo por lá e faça a viagem do Bernina Express até Tirano na Itália. Claro que este roteiro pode ser feito de forma contrária e modificado de acordo com os seus interesses.

 

QUANTO CUSTA O GLACIER EXPRESS

 

O valor do passeio Glacier Express para quem não possui passes de trem é 152 CHF na segunda classe e 268 na primeira classe para o trecho completo entre Zermatt e St. Moritz (e vice-versa). É possível também fazer apenas viagens parciais do passeio completo saindo e descendo em pontos de paradas do trem sendo que os valores podem ser consultados aqui.

O passeio nos trens panorâmicos está incluso no Swiss Travel Pass e para ler todas as dicas sobre o Swiss Pass e calcular se ele vale a pena para a sua viagem clique aqui.

O passeio também está incluso no Eurail Pass, Interrail e GA Travel Cards.

No entanto, é importante destacar novamente que é necessário fazer a reserva dos assentos para viajar no Glacier Express, independente de ser portador do passe de trem. Os valores da reserva variam de acordo com a estação do ano, sendo:

Entre 19 de Dezembro a 29 de Março custa 23 CHF para a viagem toda e 13 CHF para viagens curtas

Entre 30 de Março a 29 de Maio e 16 de Setembro a 13 de Outubro custa 33 CHF para a viagem toda e 23 CHF para viagens curtas

Entre 30 de Maio a 15 de Setembro, custa 43 CHF para a viagem toda e 33 CHF para viagens curtas.

Crianças de até 6 anos viajam de graça e de 6 a 16 anos com 50% de desconto.Você pode consultar os valores atualizados clicando aqui.

Além do valor do ticket (não aplicável para os portadores do Swiss Travel Pass) e da reserva, você deve calcular o custo do almoço no trem. O prato do dia custa 32 CHF e o menu com entrada, prato principal e sobremesa 45 CHF pagos na reserva ou durante o passeio.

Claro que é possível cortar esse custo do seu orçamento, mas neste caso certifique-se de levar alimentação para a jornada toda, que dura cerca de 8 horas.

 
Ebook Suíça
 

DICAS IMPORTANTES PARA O PASSEIO DO GLACIER EXPRESS

 

Como as janelas panorâmicas está presentes no trem todo, a entrada de luz é bem intensa e mesmo no inverno podem incomodar.

Por isso, certifique-se de levar óculos de sol e protetor solar para se proteger, mesmo no inverno.

Vale a pena levar câmera para registrar as paisagens lindas, mas saiba que o reflexo nas janelas é bem intenso e será quase impossível tirar aquela foto perfeita.

Há espaço para as malas, mas como a maioria dos viajantes leva bagagens médias ou grandes, os locais são disputados. Portanto, certifique-se de embarcar o quanto antes para conseguir um lugarzinho bom para sua mala.

 

As nossas dicas foram úteis para você?

Agradeceremos muito se planejar a sua viagem através dos links abaixo, pois assim nos dará um incentivo a manter a qualidade do blog sem pagar nada a mais por isso. Obrigada desde já! 🙂

– Reserve já seu hotel com cancelamento grátis através do Booking.com.

– O seguro viagem é item importante para a sua viagem, sendo obrigatório para os países da Europa. Faça já a sua pesquisa com a Real Seguros, compare as cotações dos melhores seguros e pague em até 6x sem juros.

– Já conhece o Airbnb? Cadastre-se aqui e ganhe R$ 180 de bônus no Airbnb para usar na primeira reserva – é grátis!

– Compre os ingressos com antecedência e evite filas. Confira todas as opções de ingressos, passeios e shows da VGet Your Guide

– Vai viajar de carro? Reserve já o carro para sua viagem com cancelamento gratuito através da Rental Cars, a melhor plataforma para comparação de preços entre as empresas de aluguel, com o melhor serviço de atendimento ao cliente

– Roteiros Personalizados: Se preferir, podemos planejar a sua viagem e elaborar um roteiro sob medida para você. Saiba mais clicando aqui e entre em contato através do email contato@omundoepequenoparamim.com.br