Documentos e perguntas comuns para entrar na Europa - Tudo que você precisa saber

Está de viagem marcada e quer saber quais são documentos e perguntas comuns para entrar na Europa? Confira neste post muitas dicas úteis para sua viagem.

Visitar o velho continente é o sonho de muitos, mas a imigração ainda é um fator que assusta muito os viajantes brasileiros, principalmente os mais jovens.

Se o seu destino inicial é a Espanha ou Inglaterra a tensão triplica, pois estes são os países mais problemáticos no processo de imigração de turistas, mas não se preocupe, pois aqui daremos muitas dicas para passar tranquilo.

Para se prevenir de qualquer problema na imigração, leve todos os documentos aqui detalhados e esteja preparado para responder as perguntas mais comuns feitas pelos fiscais da imigração. Boa viagem!

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ENTRAR NA EUROPA

 

Elaboramos uma lista de documentos necessários para entrar na Europa e sugerimos que leve estas informações a sério, pois certamente terá que mostrar todos estes papéis na imigração.

 

Passaporte e visto para Europa

 

Em primeiro lugar, saiba que o passaporte é o documento mais importante para qualquer viagem no exterior.

Sendo assim, o ideal é que tenha o passaporte válido em mãos no momento da compra da passagem, contudo, saiba que é possível comprar seus bilhetes aéreos sem os dados do passaporte, se for necessário. Para conferir o post completo sobre como tirar o novo passaporte clique aqui!

A União Europeia exige que os turistas tenham passaporte com validade mínima de 3 meses a contar do dia que sair da Europa. Isso mesmo, ele precisa ter validade de 90 dias depois que deixar o continente e não entrar, portanto, fique atento à este detalhes importante!

Outros países exigem validade mínima de 6 meses, portanto, previna-se e emita logo um novo passaporte se não estiver nestes parâmetros.

Apesar de a necessidade de visto para turistas brasileiros estar sendo discutida na União Europeia, atualmente nós não precisamos dele para entrar no continente, por força de um tratado internacional que o Brasil faz parte.

Para exemplificar melhor, saiba que se for brasileiro você não precisará de visto para entrar nos países que fazem parte do Tratado de Schengen, quais sejam: Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Espanha, Suécia e Suíça.

 

Seguro Viagem

 

O seguro viagem é o segundo requisito para entrar nos países que compõem o Tratado de Schengen, acima detalhados.

Para viajar para esses destinos, você precisa apresentar o comprovante de assistência a viagens, com valor mínimo de € 30.000, para garantir assistência médica por doença ou acidente.

+ Veja neste post todos os detalhes sobre seguro para Europa e compre o seu com 15% de desconto!

É importantíssimo que você imprima a apólice do seguro e leve durante toda a viagem. Não deixe de escanear o documento e mandar para o seu email e evitar qualquer problema!

 

Passagem de volta

 

Ter data marcada para voltar da Europa é a parte chata, mas infelizmente necessária para entrar no continente e aproveitar a sua viagem.

Na imigração da chegada, você deverá apresentar o comprovante da sua passagem de volta comprada e com data certa, portanto, tenha sempre em mãos este documento impresso

Para aqueles que vão ficar um período prolongado viajando na Europa, é importante que, além da passagem, possua também os comprovantes a seguir.

 

Comprovantes de reserva de hospedagem

 

Ao viajar para Europa, tenha sempre em mãos os seus comprovantes de reserva dos hotéis, albergues, Airbnbs para demonstrar que de fato você tem o objetivo de passear por lá

Por sinal, ao fazer sua reserva no Booking clicando aqui você ajuda o blog com uma pequena comissão e não paga nada a mais por isso. Obrigada 🙂

Caso pretenda se hospedar na casa de amigos ou parentes, deve apresentar uma carta convite demonstrando que embora você não tenha reserva de hotel, tem onde se hospedar e não precisará de auxílio dos países.

Atente-se, pois cada país exige um modelo específico de carta, sendo que alguns exigem, inclusive, que ela seja carimbada e assinada pelo órgão expedidor. Lembrando, é claro, que a pessoa que vai fazer está carta para você deverá estar legalizada como cidadão europeu ou que tenha visto para ficar na Europa.

 

Documentos que comprovem capacidade financeira

 

É extremamente importante que, além dos documentos listados acima, você possa comprovar a capacidade financeira para se manter na Europa no período de sua viagem.

Em regra, os países exigem limite de cerca de 65 euros por dia de viagem e você pode comprovar tanto com dinheiro vivo que esteja levando, com o limite do seu cartão de crédito ou com o extrato do seu VTM, cartão de recarga de moeda estrangeira.

Se for profissional liberal, tenha em mãos a sua declaração de imposto de renda dos últimos 2 anos.

 

Checklist resumido de documentos para entrar na Europa

 

# Passaporte com no mínimo seis meses de validade a contar da data de sua saída do continente;

# Seguro viagem com cobertura do Tratado de Schengen – compre aqui ;

# Passagem de ida e volta impressa com duração de até 3 meses entre elas;

# Comprovante de reservas da acomodação durante a viagem – reserve aqui –  ou uma carta-convite;

# Comprovante de capacidade financeira com pelo menos €65 por dia, sendo possível comprovar com limite de cartão de crédito internacional;

 

PERGUNTAS COMUNS NA IMIGRAÇÃO PARA ENTRAR NA EUROPA

 

O momento de encarar o fiscal da imigração talvez seja o mais tenso da viagem, principalmente por exigir uma conversa em língua estrangeira, que na maioria das vezes pode ser o inglês.

Mas, o importante é ficar tranquilo e responder as perguntas de forma objetiva e simpática, para não ter problemas de interpretação.

De modo geral, as imigrações da Inglaterra e Espanha costumam ser as piores, mas nada que seja agressivo ou constrangedor.

Eles simplesmente querem saber seu intuito da viagem e se você de fato é um turista!

As perguntas costumam variar, mas geralmente estão nos temas abaixo listado:

 

Qual a sua disponibilidade de dinheiro para viagem?

 

Responda quanto tem em mãos, o seu limite de cartão de crédito e se tiver algum VTM.

 

Qual a sua profissão no Brasil?

 

Explique o que faz aqui no Brasil e se for estudante tenha o comprovante de matrícula em mãos para comprovar o seu vínculo com o Brasil.

 

Qual o propósito da sua viagem?

 

A não ser que esteja viajando a negócios, você deve dizer que o propósito da sua viagem é de lazer e que trata-se de uma viagem de férias.

Se estiver viajando para algum evento acadêmico ou profissional explique todos os detalhes de sua viagem.

 

O que pretende visitar na cidade? Conte mais sobre as atrações…

 

Essa é uma pergunta comum em Londres, pois eles querem saber se você tem um planejamento de viagem do que fazer na cidade e se conhece o que representa cada uma das atrações que você falou.

 

Você conhece alguém na Europa?

 

É aconselhável dizer que não, a não ser que você tenha a carta convite de alguém de lá para não criar problemas no seu processo.

 

Você está viajando sozinho?

 

Eu já viajei sozinha para Europa e fui perguntada, mas expliquei que ia encontrar com outras pessoas em um destino x. Não tive problema algum com este fato.

Sempre que uma mulher está viajando sozinha eles fazem essa pergunta, para evitar imigração para prostituição.

No entanto, se de fato estiver viajando sozinha, explique qual o seu roteiro e plano de viagem e certamente não terá problemas maiores.

O importante mesmo é manter-se concentrado e calmo e em hipótese nenhuma fale uma mentira, pois aí sim poderá ter problemas sérios para entrar na Europa!

 

Confira também o passo a passo sobre como organizar a sua viagem para Europa.

 

Gostou das dicas? Planeje a sua viagem através dos links indicados e ajude o blog com uma pequena comissão. Obrigada 🙂

– Reserve já seu hotel com cancelamento grátis através do Booking.com ou se preferir, reserve seu hotel através da Hotéis.com e pague em em até 12x no cartão sem o IOF

– O seguro viagem é item importante para a sua viagem, sendo obrigatório para os países da Europa. Faça já a sua pesquisa com a Real Seguros, compare as cotações dos melhores seguros e pague em até 6x sem juros. Não deixe de conferir também a cotação da Mondial Seguros e ganhe 15% de desconto comprando através do blog

– Já conhece o Airbnb? Cadastre-se aqui e ganhe R$ 100 de bônus no Airbnb para usar na primeira reserva – é grátis!

– Compre os ingressos com antecedência e evite filas. Confira todas as opções de ingressos, passeios e shows da Viator e também os descontos imperdíveis da Ticketbar

– Vai viajar de carro? Reserve já o carro para sua viagem com cancelamento gratuito através da Rental Cars, a melhor plataforma para comparação de preços entre as empresas de aluguel, com o melhor serviço de atendimento ao cliente

– Passagens aéreas, hotéis e pacotes baratos na Decolar.com – clique aqui e confira as ofertas imperdíveis

– Roteiros Personalizados: Se preferir, podemos planejar a sua viagem e elaborar um roteiro sob medida para você. Saiba mais clicando aqui e entre em contato através do email contato@omundoepequenoparamim.com.br

advert-image