Neste post você vai encontrar todas as dicas de viagem do vilarejo de Grindewald e First na Suíça para aproveitar o melhor deste destino fantástico.

Grindewald é uma maravilha, uma verdadeira pedra preciosa no coração dos Alpes Suíços, que certamente merece entrar em seu roteiro de viagem.

A maioria dos viajantes acaba visitando Grindewald por apenas alguns minutos, no caminho para o Jungfraujoch Top of Europe, mas estou aqui para tentar te convencer a fazer diferente e dedicar mais tempo à este destino.

Por sinal, se pretende fazer o passeio para o Jungfraujoch Top of Europe, confira o post completo sobre esse passeio fenomenal. 

Além da vila charmosa, Grindewald conta com uma das melhores e mais divertidas atrações da Suíça, o Grindewald First, com atrações super interessantes nas montanhas.

Diante disto, a minha sugestão é que planeje pelo menos um turno para a sua visita, mas se quiser fazer o passeio com mais tranquilidade, separe um dia inteiro.

Se interessou? Confira a seguir todas as dicas que precisa para aproveitar ao máximo essa região.

TODO O CHARME DE GRINDEWALD

 

Grindewald atrai visitantes e alpinistas desde o século XVII graças à vista panorâmica que oferece das montanhas e do glaciar, assim como a sua localização super privilegiada na Suíça.

Quando a linha férrea do Jungfraujoch foi finalizada em 1912, ocorreu o apogeu do turismo neste vilarejo, já que ele representa uma das paradas deste passeio que é extremamente popular atualmente – confira neste post todas as dicas.

Desde então, Grindewald figura como um dos destinos de inverno mais procurados da Europa e conta com uma boa oferta de hospedagem e de alimentação, assim como atividades para seus visitantes.

Em termos geográficos, o vilarejo de Grindewald faz parte do cantão de Berna, no distrito de Interlaken e está situada no centro da Suíça, ou seja, no verdadeiro coração dos Alpes.

 

É difícil descrever a beleza e a paz deste lugar, mas sem dúvidas posso afirmar que ele está entre um dos mais belos e típicos da Suíça.

Rodeada por montanhas majestosas com picos cobertos de neve, lagos majestosos, casinhas no estilo alpino e ruas perfeitas para uma caminhada sem pressa, essas são algumas das características que atraem visitantes a Grindewald, um vilarejo com menos de 4.00 habitantes

Suas ruas estreitas estão recheadas de recheadas de restaurantes, hotéis e lojas extremamente charmosas que exalam o clima aconchegante de montanha.

Mas, além da sua beleza, Grindewald destaca-se também pela infinidade de opções de esportes e lazer em todas as estações do ano, assim como as possibilidades de contato com a natureza.

No inverno, são duas as principais regiões esquiáveis, a da montanha First e a outra que compreende a região entre Kleine Scheidegg, Männlichen e Wengen. Por sinal, pulicamos um post completo sobre Wengen e Männlichen e para acessar clique aqui.

No total, são 160 km de pistas conectadas por cerca de 30 teleféricos, o que torna Grindewald o maior resort de inverno da região do Jungfrau e um dos melhores do país.

Nas outras estações, as montanhas ficam cobertas de vegetação e Grindewald oferece cerca de 300 km de trilhas para pedestres que curtem caminhar em cenários de montanhas e os presenteia com vistas fenomenais das montanhas alpinas da região.

E se estiver planejando visitar esta região na primavera, espere encontrar vales verdes e floridos com vaquinhas suíças pastando livremente num verdadeiro cenário de conto de fadas.

 

DICAS PRÁTICAS DE GRINDEWALD

 

Grindewald está situada no meio das montanhas alpinas, mas é muito bem conectada através de transporte público ou carro.

Saindo de Interlaken, a viagem até Grindewald dura 45 minutos de trem e 30 minutos de carro, mas você também pode vir de outras cidades maiores como Berna, Lucerna e Zurique.

Lembrando que quem é portador do Swiss Travel Pass, o passe de trem da Suíça, não precisa pagar pela viagem, pois o percurso está totalmente incluso.

Para saber mais sobre o Swiss Travel Pass clique aqui e confira nossa análise completa se o passe vale a pena, com indicação também das suas vantagens e desvantagens.

Inclusive, a viagem até Grindewald é por si só uma atração, pois as paisagens são lindas e você consegue perceber que está realmente chegando num vale cercado por lindas montanhas.

A rota de trem até Grindewald é muito utilizada na na ida ou na volta do Jungfrau Top of Europe e sobre o passeio, publicamos um roteiro completo para aproveitar melhor o dia, com indicação das paradas na ida e na volta.

Mas, se estiver planejando ficar mais dias para explorar a região central dos Alpes na Suíça, hospedar-se por lá também é uma boa ideia, mas tenha em mente que a atmosfera de Grindewald é bem mais movimentada e que Mürren ou Wengen, por exemplo.

Portanto, se prefere se hospedar em um vilarejo mais movimentado, com mais lojas e vida noturna, Grindewald pode ser uma boa opção, mas se quiser sossego, indico que escolha ficar hospedado nos vilarejos próximos.

Desta forma, pode aproveitar as diversas atividades que estão disponíveis na região do Jungfrau, como por exemplo os passeios:

Jungfraujoch Top of Europe

Mürren e Schilthorn, a montanha do 007

Wengen e Männlichen

Schynige Platte

Além desses passeios, pode aproveitar para visitar a montanha Grindwald First, conectada com Grindewald através de um teleférico que sai do centro da cidade.

 

GRINDEWALD FIRST, UM PASSEIO IMPERDÍVEL

 

O teleférico para Grindewald First sai do vilarejo e chegando de trem na estação, basta caminhar por cerca de 15 minutos acompanhando as placas indicativas e contemplando as paisagens belíssimas.

De Grindewald até First o teleférico transporta os visitantes em menos de trinta minutos em uma viagem de tirar o fôlego em todos os ângulos.

E ao chegar lá, a surpresa é ainda maior, pois a montanha é recheada de atividades para a família toda.

Sinceramente, o Grindewald First foi um dos melhores passeios que já fiz na Suíça e é realmente um paraíso, com atrações e belezas diferentes em cada estação.

A montanha conta com 2167 metros de altura e uma vista impressionante para a montanha Eiger, uma das mais belas e celebradas do país.

Este é um passeio de no mínimo 3 horas, mas sugiro que separe mais tempo, especialmente se quiser fazer as belíssimas trilhas da montanha!

São cerca de 200 km de trilhas por lá, sendo que no inverno algumas estão fechadas, e oferecem percursos com diferentes níveis de dificuldade.

Uma das mais lindas e populares trilhas é a que leva ao lago Bachalpsee, a 2265 metros de altitude, revelando cenários surreais não só no destino final, mas principalmente no caminho.

 

Lago Bachalpsee

 

O lago é lindíssimo e reflete as montanhas que o cercam em sua água cristalina com tonalidades verdes ou azuis, formando um típico cenário de cartão postal Suíço.

A trilha até lá leva cerca de 1 hora em ritmo normal, podendo variar para mais ou menos a depender do seu condicionamento e fica aberta em todas as estações.

No inverno, o lago congela, mas se não quiser fazer o passeio todo, indico a caminhada até pelo menos metade do caminho, pois as paisagens são maravilhosas, umas das mais lindas que já vi na vida!

Se estiver visitando o First nesta estação, esteja preparado com roupas e calçados de inverno, pois a trilha fica toda coberta de neve.  Para conferir todas as dicas de como se vestir para o inverno clique aqui.

Nas outras estações, roupas frescas e sapato de caminhada apropriados são indicados, pois o percurso tem nível de dificuldade intermediário e exige uma relativa preparação.

A direção do lago está muito bem indicada por placas e o início da trilha é relativamente intenso, com uma subida considerável, mas o resto é relativamente plano.

E o caminho, ah, esse vale a pena por si só então não se apresse e aprecie as maravilhosas vistas que se tem, seja no inverno com as montanhas nevadas ou na primavera com montanhas verdes, floridas e cheias de vaquinhas suíças livres.

A minha sugestão é que ao chegar faça logo esse passeio e leve um lanche e água para recarregar as energias no caminho e nas margens do lago.

 

First Cliffwalk

 

O First Cliffwalk consiste em um complexo de passarelas que rodeiam a montanha e oferecem muita adrenalina e vistas maravilhosas aos visitantes.

Essa é uma atividade que está inclusa no ingresso do Grindewald First, então não pode ficar de fora do seu passeio.

O Cliffwalk pode ser encontrado lago após o local de desembarque dos teleféricos e o percurso dura cerca de 15 minutos, mas eu parei bastante para fotografar e apreciar as paisagens e acabei ficando quase uma hora no total.

Isso contando com uma parada para almoço no restaurante ao final do Cliffwalk, que oferece pratos de montanhas a preços relativamente em conta por cerca de CHF 18 a 35.

Atravessar o percurso é simplesmente imperdível e uma aventura cheia de emoção, pois a passarela é feita de metal vazado, sendo que ao caminhar você consegue ver o precipício de 2ooo metros de altitude.

Além disso, as paisagens são verdadeiramente surpreendentes e oferecem ângulos privilegiados das montanhas, perfeito para os fotógrafos e amantes da natureza!

A sensação de caminhar em uma estrutura dessas rodeando as montanhas é indescritível e você pode contar com uma dose de adrenalina extra para animar a viagem.

Por sinal, aqueles que têm medo de altura devem respeitar os limites e fazer tudo bem devagar, para evitar problemas lá do alto.

 

First Flyer e First Glider

 

Simplesmente amei essa atração e posso afirmar sem sombra de dúvidas que foi uma das aventuras mais incríveis que já tive na vida.

Ambas as atrações oferecem uma oportunidade de “sobrevoar” as montanhas, sob as asas de uma águia ou em cadeiras respectivamente.

Além da adrenalina, esses passeios oferecem ângulos maravilhosos das montanhas simulando a perspectiva das aves.

É preciso comprar ingresso por CHF 29 cada um, e apesar do preço salgado, vai por mim e faça esse investimento e garanto que nunca esquecerá essa experiência.

 

Mountain Cart e Trottibike Scooter

 

Esses são passeios que não funcionam no inverno, portanto, não pude fazê-los, mas li excelentes recomendações.

Tratam-se de veículos nada convencionais com os quais você pode fazer a descida até o vilarejo de Grindewald com muita emoção.

Mas, o trajeto conta com muitas curvas, então é bom manter uma velocidade baixa e utilizar os equipamentos de proteção disponibilizados.

É preciso comprar ingresso por CHF 15 cada um e há limite de altura de 1,35 para alugar o Mountain Cart e 1,25 metros para a Scooter.

A boa notícia é você pode comprar o ingresso apenas para subir e descer com essas opções 🙂

Além dessas atividades, no inverno também é possível alugar esqui bunda para descer as pistas com muita adrenalina, assim como praticar os esportes de inverno convencionais como esqui e snowboard.

 

QUANTO CUSTA VISITAR O GRINDEWALD FIRST

 

O ticket de ida e volta ao Grindewald First custa CHF 60 por pessoa, sendo que portadores do Swiss Travel Pass têm 50% de desconto.

Além desse, confira todos os benefícios do passe, além de uma análise completa para te ajudar a decidir comprar ou não.

Vale a pena lembrar que alguns passeios não estão inclusos no ingresso, sendo necessário comprar o ticket separado ou bilhetes combo que inclui atrações e transportes.

 

FUNCIONAMENTO DO GRINDEWALD FIRST

 

O Grindewald First funciona diariamente durante a primavera, verão e inverno.

No entanto, o serviço de gôndolas até o topo é suspenso no final do outono para manutenção das instalações, sendo que nesse período a maior parte das atrações está fechada.

Em 2018, por exemplo, o passeio funciona até 28 de Outubro e não há data divulgada para o retorno, mas geralmente ocorre no início de Dezembro.

Vale a pena consultar o site oficial da atração clicando aqui para evitar problemas no seu roteiro.

 

DICAS ADICIONAIS DO GRINDEWALD FIRST

 

Leve em consideração que estará subindo para uma altitude de mais de 2000 metros e que portanto a temperatura será baixa, mesmo no verão.

Sendo assim, vista-se adequadamente e não deixe de levar um bom casaco para evitar problemas.

Outra dica imperdível é levar lanches e uma garrafa grande de água, pois embora o complexo conte com restaurantes, o percurso todo é longo e você pode evitar ficar com fome ou fazer gastos desnecessários.

Não se esqueça de levar também óculos de sol e protetor solar para a face e lábios, já que mesmo no inverno a claridade é intensa pois o sol reflete na neve e causa incômodos e queimaduras na pele.

Por fim, vale a pena lembrar de levar sua câmera para registrar os momentos incríveis no passeio e certifique-se de carregar a bateria, pois o frio acaba influenciando na vida útil dos equipamentos.

 

Gostou das dicas? Planeje a sua viagem através dos links indicados e ajude o blog com uma pequena comissão. Obrigada 🙂

 

– Reserve já seu hotel com cancelamento grátis através do Booking.com ou se preferir, reserve seu hotel através da Hotéis.com e pague em em até 12x no cartão sem o IOF

– O seguro viagem é item importante para a sua viagem, sendo obrigatório para os países da Europa. Faça já a sua pesquisa com a Real Seguros, compare as cotações dos melhores seguros e pague em até 6x sem juros. Não deixe de conferir também a cotação da Mondial Seguros e ganhe 15% de desconto comprando através do blog

– Já conhece o Airbnb? Cadastre-se aqui e ganhe R$ 100 de bônus no Airbnb para usar na primeira reserva – é grátis!

– Compre os ingressos com antecedência e evite filas. Confira todas as opções de ingressos, passeios e shows da Viator e também os descontos imperdíveis da Ticketbar

– Vai viajar de carro? Reserve já o carro para sua viagem com cancelamento gratuito através da Rental Cars, a melhor plataforma para comparação de preços entre as empresas de aluguel, com o melhor serviço de atendimento ao cliente

– Chip internacional para ligações e internet no exterior. Clique aqui para comprar o chip do Mysimtravel e viajar tranquilo.

– Roteiros Personalizados: Se preferir, podemos planejar a sua viagem e elaborar um roteiro sob medida para você. Saiba mais clicando aqui e entre em contato através do email contato@omundoepequenoparamim.com.br