Dicas de viagem de San Blas no Panamá

Está em busca de dicas de viagem San Blas, Kuna Yala? Confira neste post um guia completo com tudo que você precisa saber para organizar uma viagem perfeita.

San Blas é de fato um paraíso e as fotos, que já são incríveis, não fazem jus à beleza singular do local. Veja aqui o post com todos os motivos pelos quais você deve visitar San Blas o quanto antes!

Neste post iremos nos esforçar bastante para deixar claro o quanto amamos San Blas e o quão maravilhosa foi a nossa experiência de viagem ao paraíso perdido do Caribe.

No entanto, sugerimos que você não se contente apenas com o nosso post, pois é preciso ver para crer e este destino remoto vale cada esforço feito para visita-lo.

Veja a seguir todas as dicas de viagem sobre San Blas e encante-se com este destino maravilhoso!

 

Introdução a San Blas, Kuna Yala

 

O Arquipélago de San Blas, tradicionalmente denominado Kuna Yala, é um conjunto de 365 ilhas pertencentes ao Panamá situadas frente a costa norte do Istmo, ao leste do Canal do Panamá.

A comarca se chamava San Blas até 1998 e Kuna Yala até 2010. Em outubro de 2011, o governo do Panamá reconheceu a afirmação do povo Guna de que, em sua língua materna, não existia a letra “K”, e que o seu nome oficial deveria ser “Guna Yala”. É assim que você deve se referir ao arquipélago enquanto estiver lá, pois os índios preservam a sua cultura com muito orgulho.

É o lar dos índios Kuna, que formam parte da comarca Kuna Yala ao longo da costa caribenha do Panamá, que além de ilhas incríveis possui uma área florestal incrível.

O arquipélago ainda não é muito conhecido pelos turistas brasileiros, mas os europeus o conhecem muito bem, tanto é que por lá você vai encontrar turistas de todas as nacionalidades, especialmente dos países nórdicos.

 

Apesar de San Blas estar situada em território panamenho, desde 1925 é uma comarca indígena autônoma, com interferência mínima do governo do Panamá. Os índios a administram com liberdade, delimitaram fronteira e organizam a entrada de turistas por lá.

O fato de o local ser administrado pelos Kunas ajuda na preservação da cultura local, mas por outro lado impede o crescimento da estrutura turística da região. Particularmente, nós preferimos que a região seja mantida sob o controle dos índios, para que decidam o rumo das suas terras originárias.

O visitante deve saber que está visitando San Blas como convidado e que por lá não há a cultura da relação de consumo, onde os turistas esperam ser bem servidos em bons hotéis. Se quiser conhecer o paraíso, internalize que será o convidado das famílias detentora das ilhas e deve tratar a cultura e o local com muito cuidado e respeito.

Vale muito a pena fazer um esforço para conhecer este maravilhoso paraíso caribenho. Gostou da introdução? Veja a seguir quando visitar estas lindas ilhas

 

Quando ir – Melhor época para visitar San Blas 

 

IMG_7811

Melhor época para ir para visitar San Blas é entre os meses de Dezembro a Abril

A região está localizada na zona tropical do mapa e fora da rota de furacões, portanto, o arquipélago é presenteado com temperaturas estáveis e clima extremamente tranquilo o ano todo.

No entanto, é importante saber que entre Dezembro e Abril o arquipélago está na temporada seca, com pouca probabilidade de chuva e céu com azul maravilhoso, fato que acaba influenciando na coloração da água.

Nestes meses praticamente não chove no arquipélago, fator que torna o mar ainda mais claro e calmo, permitindo assim passeios a ilhas mais distantes, como Cayos Holandeses, pois as ondas não impossibilitam o deslocamento.

É comum que as chuvas aumentem a partir de Maio e alcancem o auge em outubro, quando o volume chega a 260 mm no mês. No entanto, o sol sempre dá um jeito de aparecer e dificilmente o turista será privado do clima de paraíso tropical por lá.

 

Quantos dias ficar em San Blas

 

IMG_8157

A estrutura nas ilhas de San Blas é bastante precária, o que faz com que muitos turistas passem apenas uma noite por lá ou até mesmo façam um bate e volta.

Nós aproveitamos a oportunidade para ficar 4 noites na Isla Fraklin e adoramos a experiência, em verdade ficaríamos até mais!

Acreditamos que esta é uma decisão muito pessoal, pois cabe a você analisar quantos dias você consegue ficar sem conexão a internet, iluminação limitada, banho salobro e dormindo sem ar condicionado em cabanas com chão de areia.

Parece horrível, não é? Mas a teoria é muito, muito pior do que a prática e assim que chegar lá vai relevar todas estas dificuldades, pois o destino é lindíssimo.

Se você não tolera este tipo de ambiente, faça apenas um bate e volta saindo da Cidade do Panamá, mesmo que seja super cansativo.

Se quer muito aproveitar San Blas, mas acha que terá problemas com estas condições de estrutura, programe-se para passar entre 1 a 2 noites no máximo.

Se você não se importa e já tem experiência de viagens nestas condições, programe-se para passar entre 3 a 6 noites, pois o destino vale muito a pena.

Cabe a você analisar as suas condições de viajante e verificar a melhor opção para você!

 

Como chegar em San Blas

 

IMG_7865

Chegar em San Blas não é tarefa fácil, mas no fundo ficamos felizes com as dificuldades, pois elas possibilitam que San Blas permaneça como um paraíso quase intocado até hoje. Veja aqui por que você deve conhecer San Blas o quanto antes!

A dificuldade em chegar nas ilhas faz com que um bate e volta de apenas um dia não seja uma boa ideia, pois você não conseguirá aproveitar a beleza e a energia deste lindo destino. Vai acabar passando mais tempo no deslocamento do que na praia.

No entanto, se esta for a sua única opção e você tiver disposição, saiba que é possível ir e voltar de San Blas no mesmo dia e para isso deve contratar uma excursão para ficar tranquilo.

Se, assim como nós, você preferir ficar mais de uma noite em San Blas, vai aproveitar bastante e se encantar muito por este lindo arquipélago.

É possível chegar em San Blas de carro, de avião ou veleiro e neste post vamos escrever e dar dicas sobre cada uma destas formas.

 

Como chegar em San Blas por via terrestre + barco

 

Apesar de ser possível alugar um carro para conhecer San Blas por conta própria, não indicamos esta opção, pois gera mais estresse ao visitante e representa um custo a mais se acabar decidindo dormir por lá.

Por isso, a melhor forma de chegar em San Blas é contratando o serviço de traslado, seja com uma agência ou negociando com o motorista por conta própria.

Para chegar nas ilhas, é necessário percorrer um trecho terrestre de cerca de 2 horas e depois pegar um barco que leva cerca de 30 minutos para chegar em sua ilha de destino, em nosso caso, a ilha Franklin.

Pode até parecer simples, mas o grande problema é a estrada de 100 km, cujos primeiros 60 km são tranquilos em rodovia de ótimo estado e os 40 km restantes são extremamente penosos.

Há muitas curvas em diversas direções que sobem e descem sem parar. Nós, que não tomamos dramim antes de sair, pois geralmente não enjoamos com facilidade, tivemos que tomar no meio do caminho, pois é realmente muito complicado o trecho final da estrada.

O trabalho do motorista é deixar você no porto em que o barqueiro da ilha de destino busca os visitantes e de lá você segue por conta própria.

Do porto, você pega o barco para a ilha que pretende visitar e geralmente os trajetos de ida e volta custam 20 dólares.

Não se assuste, pois a água no porto é realmente escura, mas ao chegar nas ilhas vai clareando e mostrando tons incríveis!

No porto há uma espécie de organização dos turistas por ilha, sendo que há bancos específicos de cada uma. Ao chegar, localize o local correto da sua ilha e espere o barco chegar!

 

Como chegar até o porto

 

Os motoristas estão habituados a fazer percorrer este caminho, portanto, conseguem chegar com mais agilidade que os carros alugados.

Se for por conta própria e com carro alugado, saiba que o Waze funciona bem no caminho e você não terá problemas para se localizar por lá.

Se preferir ir com motoristas experientes, pode contratar a excursão com alguma agência de turismo, inclusive com o Hostel Mamallena. ou entrar em contato por conta própria.

Nós utilizamos o serviço do motorista Agápito ( tel +507 6156 7623) e consideramos bom, mas não excelente. A Lala Rebelo em seu blog oferece o contato de outros motoristas e vale a pena conferir.

O site Melhores Destinos fez uma compilação de excelentes agências e motoristas em San Blas, para acessar clique aqui.

Os trajetos de ida e volta custaram 50 dólares por pessoa e marcamos com o motorista o dia da volta para que ele nos aguardasse no porto.

 

Como chegar em San Blas de avião

 

air-panama-san-blas-islands

É possível chegar em San Blas de avião, voando com a Air Panama.

Os voos saem da Cidade do Panamá (Aeroporto de Albrook – PAC) rumo ao aeroporto El Porvenir, Guna Yala (PVE) e levam cerca de 20 minutos até chegar.

Os aviões são bem pequenos e precários, mas não existem relatos de acidentes até hoje.

Do aeroporto em San Blas, você pode pegar um barco até a ilha de sua preferência e é importante ressaltar que você combine o trajeto com o barqueiro com antecedência, seja por conta própria ou através de um agência de turismo.

 

Como chegar em San Blas de veleiro

 

IMG_8000

Explorar San Blas de veleiro é uma alternativa super conhecida entre os estrangeiros, especialmente os norte americanos.

A maioria dos barcos oferece quartos, banheiro simples e 3 refeições, sendo possível passar até 7 dias em um tour por diversas ilhas da região.

Apesar de ser uma viagem consideravelmente mais cara do que a estadia nas ilhas, o veleiro possibilita que você conheça as mais lindas ilhas de San Blas de forma bem exclusiva.

Uma boa ideia é fechar o passeio de veleiro com um grupo de amigos ou família por alguns dias, desta forma, a viagem será mais confortável e divertida.

Para os que viajam sozinhos, uma excelente alternativa é fechar o passeio com veleiros jovens, que possuem uma atmosfera de festa super legal!

Os preços variam bastante de acordo com as instalações e serviços do veleiro, mas ficam entre 100 a 200 dólares por dia em média.

A Sailing life Experience é um dos veleiros mais indicados, assim como a San Blas Sailing e San Blas Adventure.

 

Onde ficar em San Blas – Melhores ilhas para hospedagem

 

san37

A hospedagem é a mais importante escolha no planejamento de viagem a San Blas, pois vai definir a sua perspectiva deste lindo destino.

Todas as ilhas que indicamos aqui são incríveis e você vai decidir de acordo com a sua disponibilidade financeira e interesses pessoais.

Os valores da diárias incluem 3 refeições diárias: café da manhã, almoço e jantar e algumas também oferecem tours inclusos neste valor.

 

Isla Franklin

 

Apesar de ter uma estrutura precária, a Ila Franklin é bem tranquila e tem uma praia de tirar o fôlego!

Gostamos muito do clima e da tranquilidade da Ilha Franklin e indicamos muitíssimo para quem planeja conhecer o paraíso pagando pouco!

A hospedagem custa 35 dólares por noite em cabana privada e 26 em cabanas compartilhadas por pessoa.

Para ler o nosso post completo sobre a estadia na Isla Franklin clique aqui e se encante.

Uma dica que você precisa anotar é a seguinte: Nem pense em ficar na Senidup, a ilha vizinha da Franklin, pois eles fazem uma espécie de “balada” a maioria das noites, com música alta, que incomoda e contrasta com o clima paradisíaco do local.

No entanto, o toque de recolher às 22 horas é respeitado por ambas as ilhas e o sono dos turistas não é prejudicado por isso.

Para reservas com antecedência é necessário ligar para os seguintes números:  +507 67884075, +507 61565711, +507 6060 3842 e +507 6 7048456

 

Isla Iguana

 

A Isla Iguana é a ilha que possui cabanas com uma estrutura melhor, com acomodações “sofisticadas”.

A ilha oferece cabanas com banheiro privado e com piso de bambu, o que pode agradar os visitantes mais exigentes.

A diária destas cabanas custam 75 dólares por noite e incluem tour para outras ilhas.

É possível reservar por whatsapp através do número +507 6807 2764

 

Isla Chichime (Weindup)

 

A isla Chichime é uma das maiores do arquipélago e oferece cabanas agradáveis aos seus visitantes.

Além do belo mar, a Isla Chichime atrai turistas que buscam um ambiente quase exclusivo. A ilha não é rota comum aos passeios de um dia, o que diminui, e muito, o fluxo de pessoas.

O valor, por pessoa, para quarto compartilhado  de até 10 camas é 40 dólares e o quarto privativo com cama dupla custa 50 dólares por pessoa.

Para reservar, ligue para o telefone +507 6517-9850

 

Isla Diablo

 

A ilha Diablo é uma das preferidas dos gringos e oferece cabanas simples, com banheiro compartilhado e areia no achão.

A diária em cabanas privadas custa 40 dólares e inclui equipamentos de snorkel e tours, além das refeições diárias.

 

Alimentação em San Blas

 

IMG_8185

Quem visita San Blas tem que comer na ilha de hospedagem, pois não há serviços de restaurante ou venda de refeições por lá.

A alimentação está inclusa na diária de hospedagem em San Blas e são servidas três refeições, sendo café da manhã, almoço e jantar.

O café da manhã é servido 7 horas, o almoço 11:45 e o jantar 17 horas, sendo o intervalo entre as refeições longo, portanto, leve lanches para a manhã e tarde. Leia o nosso guia de sobrevivênca em San Blas.

IMG_7575

IMG_8376

As refeições são simples, mas saborosas e geralmente incluem peixe, arroz, salada ou batata frita.

O café da manhã geralmente engloba ovos e pão com café e chá. Não espere refeições sofisticadas, mas também não ache que não vai conseguir comer, pois as refeições são boas.

Quem costuma comer bastante pode sentir dificuldades, pois as porções são reduzidas e não é possível repitir, apenas se sobrar ao final.

 

O que fazer em San Blas – Melhores passeios

 

O arquipélago de San Blas possui 365 ilhas, sendo a maioria delas bem preservadas e com o mar de tirar o fôlego.

Você certamente não conseguirá visitar 10% delas, mas pode focar nas mais populares e visitadas pelos turistas,

Isla Perro, Isla Franklin, Isla Iguana, Isla Hierba, Isla Pelicano, Isla Chicheme (Weindup), Piscina de Estrellas e Cayo Holandeses são as melhores ilhas para visitar.

Não deixe de conferir o post com descrição das diversas ihas publicado pelo Melhores Destinos.

 

O que levar para San Blas

 

IMG_7911

Para amenizar todas as “dificuldades” da estadia em San Blas, a melhor estratégia é se preparar e organizar a bagagem para evitar sustos e manter a segurança.

Para consultar o nosso manual de sobrevivência em San Blas clique aqui e prepare-se devidamente!

Uma dica muito importante que podemos dar a quem planeja visitar San Blas é se planejar e fazer compras na Cidade do Panamá.

Primeiro por que em San Blas você poderá comprar apenas itens básicos nas vendinhas das ihas e também por que poderá economizar  bastante ao comprar no supermercado na Cidade do Panamá.

Em geral, indicamos que levem comidas, água, lençol, toalhas, lanterna e repelente e para saber todas as dicas de quantidade e itens veja o nosso post completo.

 

Compras nas ilhas

 

É importante destacar que na ilha Franklin há uma vendinha que comercializa alimentos e bebidas.

 Todos os itens são cobrados em dólares e custam pouco mais que na Cidade do Panamá (nada absurdo!).

Há cervejas, vinhos e água mineral para beber e lanches como pringles, chocolates e biscoitos para comer. Não espere grande variedade, mas saiba que em caso de emergência você não morrerá de fome.

O galão de 6 litros de água custa 5 dólares, um chocolate 2 dólares e pringles 3,50 dólares.

 

Dicas de segurança em San Blas

 

IMG_7563

Nos sentimos extremamente seguras em todas as nossas noite em San Blas, mesmo dormindo com a porta aberta todos os dias.

Durante os dias a nossa cabana ficava com a porta fechada sem trancar, mas nada sumiu ou teve indícios de ter sido mexido.

No entanto, sempre preferimos nos previnir e tomar alguns cuidados essenciais, por isso levamos duas facas, que deixávamos embaixo do travesseiro durante a noite, caso fosse necessário nos defender.

Apesar de achar que não será necessário utilizar, sugerimos que os viajantes levem objetos de defesa pessoal, pois nunca se sabe, especialmente pelos outros visitantes da ilha.

 

Dicas gerais de viagem a San Blas

 

  • É necessário levar passaporte para San Blas, pois este é um território autônomo sob a direção dos Kunas, que fazem o controle de fronteira  no posto do Congreso General Guna e posto do Servicio Nacional de Fronteras do Panamá – SENAFRONT, sendo necessário apresentar o documento para entrar.
  • Leve dinheiro em cash e calcule cerca de 50 a 70 dólares por dia para fazer passeios nas ilhas. É importante levar dinheiro trocado em cédulas de menor valor para facilitar as suas compras por lá.
  • A única rede que opera sinal de telefonia em San Blas é a Movil, mas indicamos que relaxe e aproveite a detox digital!
  • Leve dramim ou outro remédio contra enjoo para tomar no caminho de carro e de barco até as ilhas de San Blas.
  • Leve bons livros e canga para relaxar nas praias, pois não há muito o que fazer. Se gostar, leve também jogos para a distração.

 

Quanto custa uma viagem para San Blas

 

sanblas

Conhecer San Blas é barato e você pode aproveitar o melhor do paraíso caribenho pagando muito pouco.

Fizemos uma estimativa dos gastos que o visitante pode ter por lá e você pode calcular o valor total de sua viagem baseando-se nestes valores.

Ao final, acrescente 50-100 dólares para garantir uma viagem tranquila e para fazer compras extras nas vendas das ilhas.

Transporte até o porto de San Blas: 50 dólares por pessoa ida e volta

Impostos da comarca: 22 dólares para estrangeiros

Barco até as ilhas: de 20 a 35 dólares ida e volta

Diária nas ilhas: de 35 a 75 dólares por noite e por pesssoa

Tours para ilhas: Os passeios custam cerca de 15 dólares

 

Gostou das dicas? Planeje a sua viagem através dos links indicados e ajude o blog com uma pequena comissão. Obrigada 🙂

– Reserve já seu hotel com cancelamento grátis através do Booking.com ou se preferir, reserve seu hotel através da Hotéis.com e pague em em até 12x no cartão sem o IOF

– O seguro viagem é item importante para a sua viagem, sendo obrigatório para os países da Europa. Faça já a sua pesquisa com a Real Seguros, compare as cotações dos melhores seguros e pague em até 6x sem juros. Não deixe de conferir também a cotação da Mondial Seguros e ganhe 15% de desconto comprando através do blog

– Já conhece o Airbnb? Cadastre-se aqui e ganhe R$ 100 de bônus no Airbnb para usar na primeira reserva – é grátis!

– Compre os ingressos com antecedência e evite filas. Confira todas as opções de ingressos, passeios e shows da Viator e também os descontos imperdíveis da Ticketbar

– Vai viajar de carro? Reserve já o carro para sua viagem com cancelamento gratuito através da Rental Cars, a melhor plataforma para comparação de preços entre as empresas de aluguel, com o melhor serviço de atendimento ao cliente

– Passagens aéreas, hotéis e pacotes baratos na Decolar.com – clique aqui e confira as ofertas imperdíveis

– Roteiros Personalizados: Se preferir, podemos planejar a sua viagem e elaborar um roteiro sob medida para você. Saiba mais clicando aqui e entre em contato através do email contato@omundoepequenoparamim.com.br